11 filmes para entender melhor a ditadura no Brasil

O período entre 1964 a 1985, em que nosso país foi governado pelos militares, já é tema recorrente no cinema e na televisão. A Ditadura Militar caracterizou-se entre muitas coisas pela falta de democracia, censura e perseguição política. Para entender um pouco mais deste período conturbado da história brasileira veja estes 11 filmes que vão te ajudar a saber um pouco mais sobre a Ditadura no Brasil. Tem filme sobre o assunto na programação do Prime Box Brazil! Confira:

  

1. MANHÃ CINZENTA (1968)

Baseado em conto homônimo de Olney São Paulo, o filme é uma alegoria de regimes autoritários, e é ambientado em um país fictício da América Latina. Retrata um casal de estudantes que segue para uma passeata onde o rapaz, um militante, lidera um comício. Eles são presos, torturados na prisão e sofrem um inquérito absurdo dirigido por um robô e um cérebro eletrônico.

 

pra_frente_brasil_filme

 

2. PRA FRENTE, BRASIL (1982)

Em 1970 o Brasil inteiro torce e vibra com a seleção de futebol no México, enquanto prisioneiros políticos são torturados nos porões da ditadura militar e inocentes são vítimas desta violência. Todos estes acontecimentos são vistos pela ótica de uma família quando um dos seus integrantes, um pacato trabalhador da classe média, é confundido com um ativista político e “desaparece”.

 

 

3. NUNCA FOMOS TÃO FELIZES (1984)

Baseado no conto “Alguma coisa urgentemente”, de autoria de João Gilberto Noll. Carlos, um militante de esquerda envolvido em ações contra a ditadura brasileira no início dos anos setenta, decide se reaproximar de seu filho adolescente Gabriel, mas os deveres para com a luta revolucionária o farão se afastar novamente do rapaz, que não entende a ausência do pai.

 

cabra-marcado-para-morrer-documentario-eduardo-coutinho4. CABRA MARCADO PARA MORRER (1984)

Início da década de 60. Um líder camponês, João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem dos latifundiários do Nordeste. As filmagens de sua vida, interpretada pelos própios camponeses, foram interrompidas pelo golpe militar de 1964. Dezessete anos depois, o diretor retoma o projeto e procura a viúva Elizabeth Teixeira e seus dez filhos, espalhados pela onda de repressão que seguiu ao episódio do assassinato. O tema principal do filme passa a ser a trajetória de cada um dos personagens que, por meio de lembranças e imagens do passado, evocam o drama de uma família de camponeses durante os longos anos do regime militar.

 

5. O QUE É ISSO, COMPANHEIRO? (1997)

O jornalista Fernando e seu amigo César abraçam a luta armada contra a ditadura militar no final da década de 60. Os dois se alistam num grupo guerrilheiro de esquerda. Em uma das ações do grupo militante, César é ferido e capturado pelos militares. Fernando então planeja o sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick, para negociar a liberdade de César e de outros companheiros presos.

 

19870833-jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx 6. AÇÃO ENTRE AMIGOS (1998)

Lutando contra o regime militar brasileiro, os amigos Miguel, Paulo, Elói e Osvaldo são presos pelas forças de repressão da ditadura em 1971 e torturados durante meses por Correia, responsável pela morte de Lúcia, namorada de Miguel. Vinte e cinco anos depois, os quatro amigos se reúnem ao tomar conhecimento de que o torturador, ao contrário da versão oficial, está vivo. Decidem então sequestrá-lo e matá-lo. Todavia, ao ser capturado, Correia faz uma revelação surpreendente que muda toda a história.

 

 

7. CABRA CEGA (2005)

Thiago e Rosa são dois jovens militantes da luta armada, que sonham com uma revolução social no Brasil. Após ser ferido por um tiro, em uma emboscada feita pela polícia, Thiago precisa se esconder na casa de Pedro, um arquiteto simpatizante da causa. Thiago é o comandante de um “grupo de ação” de uma organização de esquerda, que está no momento debilitada e estuda um retorno à luta política. Rosa é o contato de Thiago com o mundo, sendo agora ainda mais importante por estar ferido. Com o passar do tempo Pedro passa a ficar preocupado com a segurança deles, adotando um comportamento estranho e colocando dúvidas em Thiago se ele não seria um traidor.

 

20028585-jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx8. O ANO EM QUE MEUS PAIS SAIRAM DE FÉRIAS (2006)

1970. Mauro (Michel Joelsas) é um garoto mineiro de 12 anos, que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tena quhe ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de Mauro.

 

9. HOJE (2011)

Vera é uma ex-militante política que recebe uma indenização do governo, em decorrência do desaparecimento do marido, vítima da repressão provocada pela ditadura militar. Com o dinheiro ela consegue comprar um apartamento próprio, além de enfim poder ser reconhecida como viúva. Só que, quando está prestes a se mudar, recebe uma visita que altera sua vida.

 

10. TATUAGEM (2013)

Brasil, 1978. A ditadura militar, ainda atuante, mostra sinais de esgotamento. Em um teatro/cabaré, localizado na periferia entre duas cidades do Nordeste do Brasil, um grupo de artistas provoca o poder e a moral estabelecida com seus espetáculos e interferências públicas. Liderado por Clécio Wanderley, a trupe conhecida como Chão de Estrelas, juntamente com intelectuais e artistas, além de seu tradicional público de homossexuais, ensaiam resistência política a partir do deboche e da anarquia.

 

batismo-de-sangue-03_905

Cena do filme Batismo de Sangue com Caia Blat, Daniel de Oliveira e Cássio Gabus Mendes no elenco

11. BATISMO DE SANGUE (2007)

São Paulo, fim dos anos 60. O convento dos frades dominicanos torna-se uma trincheira de resistência à ditadura militar que governa o Brasil. Movidos por ideais cristãos, os freis Tito, Betto, Oswaldo, Fernando e Ivo passam a apoiar o grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional, comandado por Carlos Marighella. Este grande filme você pode conferir no Prime! Veja nossa grade de programação e fique por dentro de quando o longa ‘Batismo de Sangue’ será exibido: http://bit.ly/ProgramaçãoPrimeBox.

 

Fonte: amodireito.com.br

logo-prime