Minas Trend: o melhor do segundo dia de desfiles

O segundo dia de Minas Trend foi marcado por desfiles incríveis! Confira as tendências e destaques de cada um deles:

A Bobstore trouxe o pijama como peça chave do seu desfile! Looks casuais, retrôs e também de streetwear com estampas geométricas foram as principais apostas. Além dos slipdresses, a monocromia também foi evidente, principalmente em preto, marinho e cinza!

Lucas Magalhães trouxe para as passarelas do Minas Trend uma coleção de malharia bem leve! O reconhecido trabalho em tricô foi predominado por pied de poule, risca de giz e alfaiataria masculina. O estilista faz parte do grupo de moda Nohda, juntamente com Patrícia Bonaldi, PatBo e Apartamento 03.

A Unity 7 apresentou uma moda festa bem clássica! Os vestidos e saias trouxeram um quê romântico, com tecidos fluídos, tons suaves, babados e recortes! Já A Manzan se inspirou na Tailândia – uau! – e suas composições foram feitas com vestidos longos, kimonos e jaquetas. As peças também apresentavam bordados e aplicações com animais, florais e formas étnicas.

Fechando os desfiles, Victor Dzenk se inspirou nas obras de Luiz Zerbini, artista plástico, para sua coleção. As estampas e bordados com elementos tropicais e militares foram referenciadas pelas pinturas do artista. Calças amplas, renda, vestidos, desfiados e babados se destacaram na passarela.

logo_fashion01